Sobre o prêmio

O Prêmio Jovem da Água de Estocolmo (Stockholm Junior Water Prize - SJWP) reúne jovens inovadores entre 15 e 20 anos de todo o mundo, encorajando seu interesse em desafios relacionados a água e sustentabilidade. Criado em 1997 pelo SIWI - Instituto Internacional de Águas de Estocolmo (Stockholm International Water Institute), o prêmio é organizado anualmente em duas etapas: uma nacional, realizada em cada um dos países participantes, e uma internacional, na qual ocorre a grande final. 

O SJWP conta com a participação de milhares de jovens de mais de 30 países. A etapa internacional ocorre em Estocolmo na Suécia, durante a Semana Mundial da Água de Estocolmo (Stockholm World Water Week). A princesa Vitória da Suécia é a patrona do prêmio.​Em 2017, pela primeira vez, foi promovida no Brasil a etapa nacional para o SJWP. Nessa primeira edição, o prêmio contou com a participação de 26 trabalhos de 11 estados. Em 2018, a segunda edição recebeu 40 trabalhos, de 13 estados. Em ambos os anos, todas as regiões do país foram representadas.​

A motivação da comissão organizadora do SJWP no Brasil engloba:

  • Incentivar o desenvolvimento da ciência como alicerce para a resolução de problemas práticos e conflitos hídricos;
  • Promover um ambiente que encoraje a prototipação, a criação de modelos de negócio e o empreendedorismo para todos os participantes;
  • Desenvolver a capacidade de expressão dos jovens envolvidos;
  • Fomentar a criação de redes de contatos, que são conquistas para toda a vida;
  • Mostrar ao mundo o potencial criativo e inovador do Brasil.

​A primeira edição brasileira do SJWP ocorreu em São Paulo, em junho de 2017. Além de apresentarem seus trabalhos e interagirem com o júri, os finalistas conheceram na prática uma estação de tratamento de água, ocasião em que expandiram seus conhecimentos técnicos sobre saneamento.​ O grupo vencedor da primeira edição brasileira do SJWP foi composto pelos estudantes da ETEC Bento Quirino de Campinas Beatriz Ruscetto, Gabriel Gertrudes e Matheus Silva, autores do projeto STAC-IBR: Solução para o tratamento de água das cisternas instaladas no Brasil.​ Os jovens paulistas tiveram a oportunidade de apresentar a solução que desenvolveram na etapa de Estocolmo, em meio a estudantes de outros 32 países. Eles participaram das atividades da Semana Mundial da Água de Estocolmo, incluindo dois jantares com a família real sueca e visitas técnicas e culturais pela cidade.

Em 2018, a segunda edição do prêmio ocorreu em Brasília, como parte da programação do 8º Fórum Mundial da Água, o maior evento sobre o tema no mundo. Realizado pela primeira vez no Hemisfério Sul, o Fórum contou com a presença de 120 mil participantes, de 172 países, configurando-se como a maior edição já ocorrida na história.​ O estudante vencedor da etapa 2018 foi Guilherme Catharino, da Escola Senai "Jorge Mahfuz" em São Paulo. Motivado pela crise hídrica pela qual passou sua cidade, o autor do projeto SIMECHR- Sistema de Monitoramento e Comando Hídrico Residencial, desenvolveu uma aplicação para instalações prediais, empoderando os consumidores para combaterem desperdícios.


Programação

A etapa nacional da edição 2019 do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo será realizada em junho de 2019, na cidade de São Paulo. 

A data e o local serão informados em breve.​ 

A etapa internacional ocorrerá na semana de 24 a 29 de agosto de 2019, em Estocolmo- Suécia.

Regulamento

Para ler o regulamento do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo 2019, clique aqui.

Inscrições

Participe! Preencha o formulário de inscrição agora (clique aqui) e mande o seu trabalho até dia 31 de março de 2019 para nosso email de contato, seguindo o modelo disponível aqui.

Em caso de dúvidas, escreva para: sjwp@brazilcham.se